Todolivo I-15P lidera a revolução varietal do olival

Todolivo I-15p Lidera a revolução
varietal do olival

Tabelas comparativas de produção entre os anos de 2018 e 2019 da variedade Todolivo I-15P e uma coleção de variedades tradicionais com que está a ser comparada no Teste de Melhoria Genética da herdade “La Mata”.

  • Quando, em 2007, a Todolivo decidiu iniciar o seu Programa de Melhoria Genética para obter variedades de azeitona novas e mais produtivas, e com as quais fosse possível obter azeite virgem extra diferenciado e novo, sabia que se tinha iniciado uma carreira a longo prazo onde existiam muitas incertezas e poucas certezas. Hoje, 13 anos depois, podemos afirmar que este Programa está a ser um sucesso: os objetivos não só estão a ser cumpridos, como também os resultados obtidos superam as expectativas que foram estabelecidas.
    A Todolivo I-15P, a primeira variedade que a empresa comercializa neste programa, é um bom exemplo disso. Ano após ano, tem mostrado, em todos os testes realizados até o momento, uma alta precocidade e extraordinária capacidade produtiva, para além de alto rendimento em gordura.

  • No teste de Melhoria Genética da herdade “La Mata”, a variedade Todolivo I-15P obteve, em média, 925 kg de azeite/ha por ano e dez meses depois de ser plantada, quando as variedades tradicionais restantes, com que está a ser comparada no referido teste, apenas uma teve produção no mesmo ano: a Koroneiki, com 547 kg de azeite por hectare.
    A produção obtida por estas variedades nas duas colheitas seguintes (anos 2018 e 2019) é apresentada nas tabelas em anexo, cuja ordenação vai da produção maior até à menor em kg de azeite/ha, por cada uma das variedades do teste.
    Para que os resultados fossem o mais fiáveis e significativos possível, foi criado um teste de grandes dimensões formado por 9 blocos, divididos em três lotes, em que cada um continha linhas completas das 38 seleções e uma coleção mundial de variedades muito produtivas, com que seriam comparadas.

Tabela 1. LOTE: LA BALSA (1.143 árvores/ha) · Contém: 1 bloco de teste XXL
Idade: 2 anos e 8 meses · Recolha: Out/2018

Tabela 2. LOTE: LA BALSA (1.143 árvores/ha) · Contém: 1 bloco de teste XXL
Idade: 3 anos e 10 meses · Recolha: Dez/2019

Tabela 3. LOTE: CORTIJO ESTE (952 árvores/ha) · Contém: 4 blocos de testes
Idade: 2 anos e 10 meses · Recolha: Dez/2018

Tabela 4. LOTE: CORTIJO ESTE (952 árvores/ha) · Contém: 4 blocos de testes
Idade: 3 anos e 10 meses · Recolha: Dez/2019

Tabela 5. LOTE: CORTIJO OESTE (1.143 árvores/ha) · Contém: 4 blocos de testes
Idade: 2 anos e 10 meses · Recolha: Dez/2018

6. LOTE: CORTIJO OESTE (1.143 árvores/ha) · Contém: 4 blocos de testes
Idade: 3 anos e 9 meses · Recolha: Nov/2019

  • Mas não é apenas a sua produtividade: estamos perante uma variedade muito completa com as características ideais para o olival em sebe. Possui uma estrutura bem definida que lhe permite uma boa ventilação e entrada de luz. O seu baixo vigor e porte esférico remetem-nos para a sua mãe “Arbosana”. Os seus entrenós são curtos e se ramificam muito bem, praticamente sem necessidade de realizar poda. Relativamente a pragas e doenças, a variedade não apresenta, atualmente, sensibilidade a qualquer doença, mas sim tolerância ao Repilo e ao fungo Verticilium.
    O seu azeite possui uma extraordinária qualidade organoléptica. Possui uma cor verde maçã e o seu aroma frutado é intenso e variado. Na boca, é doce e equilibrado, com um amargo ligeiro e um pouco mais picante, o que o torna muito agradável ao paladar. Possui um elevado índice de ácido oleico.

  •  

A irrupção de Todolivo I-15P representa um grande marco na obtenção de novas variedades de azeitona. Esta variedade não só consegue superar os seus “pais” em termos de produtividade, como também consegue superar todas das variedades tradicionais com que está a ser comparada, como é possível verificar nos dados recolhidos nas tabelas do teste de larga escala realizado na herdade “La Mata”. Uma variedade que dá esperança ao mundo da olivicultura e que permitirá, aos agricultores, obter uma maior rentabilidade nas suas quintas, bem como produzir um novo azeite virgem extra no mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.